Glossário

Termo

Definição

Epigalato ou Catequina

Por Dr. Helion Póvoa (em seu Livro “Nutrição Cerebral”):

“Princípio ativo do chá-verde, usado pelos chineses há cinco mil anos. É o antioxidante mais potente para a inibição do colesterol LDL oxidado. Baixa a pressão arterial e aumenta o colesterol HDL, conhecido como o bom colesterol. Reduz os riscos de câncer, obesidade e AVC. É imunoestimulante e melhora significativamente a atividade cerebral.”

Ômega 3

Por Dr. Helion Póvoa (em seu Livro “Nutrição Cerebral”):

“Gordura encontrada principalmente nos peixes como sardinha, atum, cavala, arenque, truta e salmão e outros frutos do mar. O ômega 3 também é formado a partir de algumas fontes vegetais, que são a semente de linhaça, abacate, nozes e castanhas. Os principais ácidos graxos ômega 3 são o EPA (eicosapentaenóico) e DHA (docohexaenóico), com 20 e 22 átomos de carbono respectivamente. Recentemente, realizou-se um estudo científico a respeito da expectativa de vida em diversas populações do mundo e verificou-se que os países com os índices mais elevados eram Japão, Suécia, Noruega e Islândia, que são grandes consumidores de peixe. É também indispensável ao sistema imunológico. Hoje se sabe que a maior parte da população tem carência de ômega 3, em função da falta de peixes na alimentação.”

.

Por Dr. Paulo Roberto Carlos de Carvalho (em seu Livro “Medicina Ortomolecular”):

“Óleos retirados de diversas espécies de peixes, particularmente os de água fria (salmão, arenque, sardinha, cavalinha, etc.), são ricos nos ácidos graxos essenciais de cadeia longa eicosapentaenóico (EPA) e docosahexanóico (DHA), pertencente à série ômega 3, com ações terapêuticas amplamente comprovadas.

(…)os óleos de peixes, ricos em tais nutrientes, exercem atividade benéfica por diminuirem os níveis de colesterol e triglicerídeos circulantes, bem como por aumentarem a fração lipoprotéica HDL do colesterol. Acrescentem-se a isso as propriedades anticoagulantes de tais nutrientes, onde se verifica uma redução na adesividade e agregação plaquetária no sangue dos indivíduos tratados.”

Radicais Livres

Por Dr. Helion Póvoa (em seu Livro “Nutrição Cerebral”):

“Radicais livres são produtos naturais do nosso metabolismo. A partir dos nutrientes, e do oxigênio que respiramos, acontece uma série de reações químicas dentro das células que têm como produto a formação de energia, de água e de radicais livres, que são moléculas que possuem um elétron desemparelhado.

É o emparelhamento dos elétrons que garante a estabilidade das moléculas. Quando um elétron fica sem par, a molécula torna-se instável, mais reativa, e naturalmente irá procurar um outra molécula o seu elétron perdido, para restabelecer a sua estabilidade. É assim que são formadas as cadeias de radicais livres, pois a operação é sucessiva: a molécula que teve o seu elétron roubado irá procurar mais uma molécula para tirar dela um elétron também. Mas ainda que adquira o seu elétron, a molécula passa a ser um radical livre.”

.

Por Dr. Ray D. Strand (em seu Livro “O que o seu Médico não sabe sobre Medicina Nutrional pode estar Matando Você”):

“Os radicais livres são, em sua maioria, moléculas ou átomos de oxigênio que possuem, no mínimo, um elétron solitário (ou desemparelhado) na órbita externa. No processo de utilização do oxigênio durante o metabolismo intracelular normal para produção de energia (chamado de oxidação), criam-se os radicais livres, também denominadas espécies reativas de oxigênio. Em essência, eles possuem uma carga elétrica e tentam arrancar um elétron de qualquer molécula ou substância das proximidades. Sua movimentação é tão violenta que já se demonstrou quimicamente que eles geram fagulhas de luz dentro do corpo. Se esses radicais livres não foram neutralizados rapidamente por um antioxidante, poderão criar outros radicais livres ainda mais voláteis ou causar danos à membrana celular, à parede dos vasos sanguineos, às proteínas, às gorduras ou mesmo ao núcleo de DNA das células. A literatura científica e médica chama esses dados de estresse oxidativo.”

.

Por Dr. Paulo Roberto Carlos de Carvalho (em seu Livro “Medicina Ortomolecular”):

“Radical livre (RL) é toda molécula que apresente um número ímpar de elétrons na sua órbita externa, ou melhor, um elétron desemparelhado naquela posição.

Tal instabilidade estrutural faz com que estas moléculas tentem desesperadamente roubar um elétron de qualquer outras substância, a fim de se estabilizarem. Com a perda desse elétron cria-se um novo RL, que irá deflagrar uma reação em cadeia, lesando seriamente várias estruturas celulares.”

.

Por Dra. Elizabeth Mota (em seu Livro “Alimentação Natural”):

“(…)são substâncias extremamente tóxicas, formadas nas mitocôndrias, a partir do oxigênio. Possuem características altamente nocivas às estruturas celulares.(…)o mesmo oxigênio que nos é vital também pode causar-nos a morte. A própria natureza sofre os efeitos tóxicos do oxigênio provocados pela sua capacidade de enferrujar e oxidar. A tendência atual é chamá-los de espécies reativas de oxigênio (ERO) ou oxirradicais, ao invés de usar o termo RL. Mamíferos morrem rapidamente se inspirarem 100% de oxigênio.”

Anúncios

2 responses to this post.

  1. Posted by fransuelen on 23 outubro 2008 at 8:41 am

    adorei…mais gostaria de saber um pouco mais sobre arterosclerose, pois tenho que apresentar um seminário com esse conteúdo e estou pesquisando sobre o mesmo de várias fontes…se puderem mandem um e-mail para mim com um pouco do conteudo citado…

    Responder

  2. Posted by Paulo Roberto Carlos de Carvalho on 8 agosto 2009 at 6:30 pm

    Obrigado pela citação do meu livro, Medicina Ortomolecular.
    O site é muito bom e, sem dúvida, uma brilhante idéia.
    Um abraço fraterno do
    Paulo Roberto Carlos de Carvalho

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: